Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



http://www.publico.pt/politica/noticia/funcionarios-publicos-que-ganham-mais-de-1500-euros-vao-ter-todo-o-salario-de-volta-em-2016-1674591

Se for reeleito, Passos admite devolver só 20% dos cortes salariais em 2016...Primeiro-ministro começou por dizer que a reversão será de 20% em 2015 e integral no ano seguinte. Mas mais tarde afirmou que, se for reeleito, irá propor devolver outros 20% em 2016.

O primeiro-ministro deixou claro nesta quinta-feira que pretende manter o plano de devolver gradualmente os cortes salariais aos funcionários públicos. Isto apesar de poder contrariar o Tribunal Constitucional, que "chumbou" a ideia tal como estava plasmada numa lei apreciada preventivamente em Agosto, a pedido de Cavaco Silva e do Governo.

No arranque do debate sobre o Orçamento do Estado para 2015, Passos Coelho considerou que este será "um momento de viragem na recuperação dos rendimentos dos portugueses e do seu poder de compra”, dando como exemplo a reversão de 20% dos cortes salariais aplicados à função pública.

Mais à frente acrescentou: “Os funcionários públicos beneficiamda reversão dos cortes que foram feitos no contexto da emergência financeirpara vencimentos acima desse montante a reversão será de 20% a. Esta reversão é total para todos os trabalhadores do Estado com rendimentos até 1500 euros. E em 2015, e integral no ano seguinte.E acrescentou um enigmático: “Se outras propostas não forem feitas entretanto.”

Foram precisas quase duas horas para perceber o que Passos Coelho queria dizer. Aproveitando críticas do deputado José Luís Ferreira, d'Os Verdes, sobre a duvidosa constitucionalidade da reposição faseada dos salários e da sua remissão para o futuro, o primeiro-ministro voltou ao assunto para ser um pouco mais claro.

Lembrou os constrangimentos da decisão do Tribunal Constitucional (TC) de Agosto e deixou uma promessa: "Nos termos da decisão do TC, a reversão salarial deverá ser total em 2016. Se eu for primeiro-ministro (...) proporei que a reversão salarial seja de 20% em 2016, como tem sido a posição pública do Governo. Não deixarei de apresentar propostas de acordo com aquilo que seja razoável e exequível."....(CONTINUA)

Comentários:

 

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

Estava na altura neste " que alguns já consideram de um incidente ", sintonizado na SICN que transmitia a abertura da discussão na AR do debate na generalidade do OE/2015, ao momento em que a sua jornalista privativa naquele local, fez mais do que uma vez " gáudio " de uma dita contradição do sr. PM entre o seu discurso de abertura e em seguida numa resposta a um deputado e de que lhe parecia que os deputados estariam distraídos ao não notá-la...pois, muito bem, não me pareceu nem um incidente nem uma gaffe(como ao sr. Ferro Rodrigues), mas sim a algo a que muitos parece ainda não perceberam "ao tal, habituem-se/sic António Vitorino " relativamente a PPC quanto a uma das suas facetas " a determinação ",é isso que está subjacente ao que disse(convem ver bem o que disse), goste-se ou não !!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:05



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D