Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



PENSO QUE O PAÍS NÃO ESTÁ EM FIM DE REGIME MAS ULTIMAMENTE A REGENERAR-SE... DIRÃO..PORQUÊ? BEM... EM 24 DE ABRIL DE 1974 VIVÍAMOS NUM REGIME AUTORITÁRIO E OBSOLETO, ALHEADO DOS VENTOS REINANTES NO MUNDO OCIDENTAL. EM 25 DE ABRIL DE 1974 ESSE REGIME CAIU, TODOS NÓS REJUBILÁMOS, AFINAL DE CONTAS, PARECÍAMOS MESMO " UNS PASSARINHOS A QUEM TINHAM ABERTO A  GAIOLA ". DURANTE QUASE DOIS ANOS VIVEMOS ENVOLTOS ENTRE A ALEGRIA ESFUZIANTE E UMA CERTA INSTABILIDADE, MAS EM 1976, COMEÇÁMOS A DAR OS PRIMEIROS PASSOS DO NOVO REGIME QUE AQUELA " ABRILADA " NOS ABRIU «« A DEMOCRACIA »». BAFEJADOS PELA EXISTÊNCIA DE UNS TANTOS PARES DE PUNHADOS DE POLÍTICOS EXPERIENTES(ALGUNS AINDA VIVOS, OUTROS JÁ FALECIDOS), NOS QUINZE A VINTE ANOS QUE SE SEGUIRAM MUITOS " AVANÇOS GIGANTESCOS " FORAM ALCANÇADOS,(COM ALGUNS ERROS/CLARO QUE SIM, POR UM CERTO DESCONTROLE/ DE QUE DESTACARIA- OS PEDIDOS DE AJUDA EXTERNA/FMI/ EM 1978 E 1983), EM TODAS AS ÁREAS,(DE QUE DESTACARIA- A DESCOLONIZAÇÃO E A ADESÃO EUROPEIA). MAS DEPOIS NA DÉCADA SEGUINTE, POR CULPA DE TODOS NÓS PORTUGUESES E DO RESTÍCIO DOS TAIS EXPERIENTES POLÍTICOS, VIMOS COMEÇAREM A BROTAR PARTIDARIAMENTE UNS JOVENS(SEM QUALQUER DESPRIMOR, PORQUE NINGUÉM APARECE ADULTO E EXPERIENTE) QUIÇÁ COM PREPARAÇÃO ALGO DEFICIENTE( MAS AINDA ASSIM FOI POSSÍVEL DAR-SE UM OUTRO AVANÇO IMPORTANTE- A ENTRADA NO EURO) E COMEÇÁVA-SE A DESCORTINAR SINAIS (COMO p.ex., DESDE "FUGAS!" ESFARRAPADAS DE RESPONSÁVEIS GOVERNAMENTAIS, PROBLEMAS NO SECTOR FINANCEIRO, ECONOMIA A FRAQUEJAR, ÁREAS ORÇAMENTAIS - DÍVIDA-INVESTIMENTO  A DESABAR PARA O AGRAVAMENTO, ALGUMAS JÁ EVIDÊNCIAS DE UMA CERTA PROMISCUIDADE ENTRE O POLÍTICO-ECONÓMICO-FINANCEIRO,ETC.) DE QUE ALGO(?) DE " TERRÍVEL? " PODERIA VIR A OCORRER, MAS, FECHOU-SE OS OLHOS E NOS ANOS LOGO A SEGUIR, AQUELES DITOS ATRÁS JOVENS LÁ VÃO ASCENDENDO AOS " MAIS ALTOS PODERES! " E COM ELES OS TAIS SINAIS IAM PASSANDO DE TÉNUES A CADA VEZ MAIS EVIDENTES. CHEGADOS A 2008 O MUNDO É ATINGIDO POR UM " FURACÃO ECONÓMICO/FINANCEIRO " QUE AO ATINGIR-NOS, JÁ ALGO DÉBEIS E DOTADOS DE DETENTORES(DIRIA EU/RASCAS!) DOS "PODERES!", NOS HAVERIA DE CONDUZIR A UMA  SITUAÇÃO INAUDITA(INCONCEBÍVEL PARA A GRANDE MAIORIA/ALGO EXPECTÁVEL PARA MUITO POUCOS/ESCONDIDA POR ALGUNS), QUIÇÁ A MAIS TENEBROSA DA NOSSA VIVÊNCIA DEMOCRÁTICA,  VIVIDA NO PERÍODO DO OUTONO DE 2010 AO INÍCIO DA PRIMAVERA DE 2011, EM QUE NOS VIMOS OBRIGADOS A RECORRER " Á CHAMADA DE UMAS TAIS ENTIDADES EXTERNAS/ A TROIKA " PARA QUE NOS TROUXESSEM A AJUDA " COMO SE DE PÃO PARA A BOCA! " PARA O NOSSO SUSTENTO EM TROCA DO SEU " COMANDO SUPREMO! ", OU SEJA PASSÁMOS A " UMA DEMOCRACIA AINDA ASSIM MAS MUITO MUSCULADA! ". FELIZMENTE QUE A GRANDE MAIORIA DOS PORTUGUESES, CHAMADOS ENTÃO EM 5 DE JUNHO DE 2011, AO USO DA SUA " ARMA DEMOCRÁTICA MAIS PODEROSA/ O VOTO! " SOUBERAM FAZER A ESCOLHA QUE DE CERTO MODO SE IMPUNHA. O QUE SE VEIO A VERIFICAR A SEGUIR, NA VERDADE, SÓ A DEMOCRACIA O CONSENTIRIA...DE FACTO O " AJUSTAMENTO! " QUE NOS FOI IMPOSTO, ÍA-NOS CUSTANDO " A PELE! " E ESTEVE MESMO " POR UM TRIZ TAMBÉM A DEMOCRACIA! ", O QUE NÃO ACONTECEU ( É O QUE PENSO ), PORQUE A GRANDE MAIORIA DOS PORTUGUESES E A TENACIDADE DAQUELE QUE ELES MESMOS HAVIAM ESCOLHIDO EM 5/6, SOUBERAM E CONSEGUIRAM RESISTIR, OS PRIMEIROS AOS MAIS VIS INCITAMENTOS(VINDOS DE QUASE TODO O ESPECTRO) O SEGUNDO AOS MAIS QUE SOESES ATAQUES DE TODA A ORDEM QUE ALGUMA VEZ SE VIU FAZER A UM PRIMEIRO MINISTRO ELEITO LEGITIMAMENTE(VINDOS DO ESPECTRO MAIS DIVERSO E QUIÇÁ SURPREENDENTE  PARA ALGUNS, INCLUSIVÉ ATÉ DE UNS TAIS QUE ENCHEM A BOCA SOBRE A DEMOCRACIA E UNS TANTOS OUTROS MAIS QUE CONOTADOS COM RESPONSABILIDADES NO QUE HAVIA SUCEDIDO). SEJA LÁ PELO QUE TIVER SIDO "BONS E OBEDIENTES ALUNOS OU RESISTENTES HUMILDES", O QUE É INDESMENTÍVEL É QUE NOS TEMOS VINDO DE CERTO MODO AIROSAMENTE A LIBERTAR DO TAL "COMANDO SUPREMO" AO MESMO TEMPO QUE, SE VÃO VENDO MUDANÇAS DE ALGUMA INVERSÃO DA SITUAÇÃO PRIMAVERIL DE 2011 (A PROMISCUIDADE POLÍTICA/ECONÓMICA/FINANCEIRA/JUDICIAL JÁ NÃO É O QUE ERA, ESTÃO A CAIR UNS DDT´s DAS MAIS VARIADAS ÁREAS, VÊ-SE MAIS DEDICAÇÃO/ E NÃO FUGA/ Á CAUSA PÚBLICA DE POLÍTICOS, SECTOR FINANCEIRO " EM LAVAGEM! ", ECONOMIA/INVESTIMENTO/CONTAS ORÇAMENTAIS A INVERTER/FALTA-NOS ENCONTRAR SOLUÇÃO PARA A DÍVIDA), AFINAL DE CONTAS, O QUE NOS ACONTECEU EM E PÓS 2011, ATINGIU- NOS A TODOS NÓS PORTUGUESES, A UNS MAIS DO QUE A OUTROS, MAS, BRUTALMENTE A UNS MILHÕES(QUE SERÃO DIGNOS MERECEDORES DE UMA ATENÇÃO ESPECIAL), TEREMOS SEMPRE DE LAMENTAR PELO QUE PASSÁMOS, CONTUDO, TAMBÉM QUIÇÁ PODEREMOS PENSAR «« QUEM SABE SE UM MAL, INFELIZMENTE, VEIO POR BEM! »», É QUE A NOSSA DEMOCRACIA EMBORA DEBILITADA AÍ ESTÁ A " REGENERAR-SE ", E SE É CERTO QUE AS GERAÇÕES QUE SE SEGUIRAM Á MINHA, MUITO DIFICILMENTE TERÃO NOS ANOS MAIS PRÓXIMOS, OS MESMOS  BENEFÍCIOS QUE A" DEMOCRACIA DE ABRIL" TROUXE Á MINHA, SERÃO PRINCIPALMENTE ELES E PARA ELES QUE A TAL " ARMA DEMOCRÁTICA/O VOTO " A QUE SEREMOS CHAMADOS LÁ PARA DAQUI Á VOLTA DE 9 MESES, SE TORNARÁ VITAL, POIS ESSE DIA REPRESENTARÁ ««TO BE OR NOT TO BE IS THE QUESTION»» i.e, QUERER-SE CONTINUAR OU NÃO COM O MESMO PARTO....    

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D