Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




PORQUE " NÃO TE CALAS "?

por O Fiscal, em 03.04.14

HÁ ALTURAS EM QUE A DETERMINADAS PERSONALIDADES TALVEZ FOSSE MELHOR MANTEREM-SE CALADAS NO SEU CANTO....

DESTA VEZ...FOI O CASO DO EX-MF DO EX-GOVERNO SÓCRATES SR. TEIXEIRA DOS SANTOS...VEJA-SE:

 

http://www.publico.pt/politica/noticia/teixeira-dos-santos-contraria-durao-barroso-sobre-pedido-de-ajuda-externa-1630814

 

 

 

 

Teixeira dos Santos contraria Durão Barroso sobre pedido de ajuda externa

 

 

Ex-ministro explica que foi a dificuldade em colocar dívida do exterior que levou ao pedido de ajuda e não um problema de saldos de caixa.

O ex-ministro das finanças socialista Teixeira dos Santos contrariou o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, sobre a situação financeira em que se encontrava Portugal e as razões que levaram ao pedido de ajuda externa.

Teixeira dos Santos, numa entrevista ao Diário Económico desta quinta-feira, garante que Portugal foi obrigado a recorrer à ajuda externa o dia 6 de Abril de 2011 porque deixou de ter condições para colocar dívida pública junto de investidores estrangeiros e não por causa de qualquer dificuldade de saldos de caixa do Estado.....Na entrevista, Durão Barroso, primeiro-ministro entre 2002 e 2004, eleito pelo PSD, afirmou que Portugal estava numa "situação financeira limite e que tinha, à data, cerca de 300 milhões de euros em caixa para pagar as suas responsabilidades, o que acabou por forçar o pedido de ajuda"...

 

Comentários:

 

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

 

Aposentado , Abrantes

 

 

Não teria sido mais útil para o país e para ele próprio,o sr. Teixeira dos Santos ter ficado calado sobre esta matéria..a não ser que ele julgue que a maioria de nós sômos uns verdadeiros "papalvos"..é que ele vem aqui com a pretensão de desmentir o sr. Durão Barroso..ora..parece-me que JMDB o que disse foi que o país por volta do dia 6/4/11 só tinha uma liquidez de caixa de cerca de 300 milhões de euros e que no seu entender isso foi um dos factos que tornaram inevitável o pedido de ajuda externa..TS diz que não foi bem assim mas a dificuldade de acesso aos mercados..será que TS se esqueceu..por um lado..duma célebre reunião dele próprio com os banqueiros na manhã do dia 6/4..e por outro lado de que foi ele quem declarou na altura que havia riscos p/salários e pensões salvo erro em junho?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:37



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D