Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



VEIO NA SEMANA QUE AGORA ESTÁ A TERMINAR, A LUME, QUIÇÁ, MAIS UM CASO IDÊNTICO AO DA RPP SOLAR, QUE PODE REVESTIR-SE, POR PARTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES, DE «« PURA GESTÃO RUINOSA »». EM CAUSA ESTÁ(tal como aconteceu com o terreno "casal curtido" no Pego à rpp solar do sr. Alexandre Alves) A CEDÊNCIA(venda?) A PREÇO SIMBÓLICO DE TERRENO NO "BARRO VERMELHO"(antigo campo de futebol da cidade), NO VALOR DE UMAS CENTENAS DE MILHARES DE EUROS, HÁ UNS ANOS, PARA A CONSTRUÇÃO DE UM HOTEL, DE QUE, POSSIVELMENTE, POR MANIFESTA INCÚRIA!? AUTÁRQUICA, NÃO HAVERÁ REVERSÃO(pois o projecto não avançou), SEGUNDO ESTA PUBLICAÇÃO:

http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=54&id=86498&idSeccao=479&Action=noticia#.VltE2b_LJJo

Sociedade 26 Nov 2015, 07:31h

Câmara de Abrantes acusada de mediar aluguer de hotel para resolver problema do Barro Vermelho

Um empresário de Abrantes interessado na compra do Hotel Turismo, na cidade, acusa a presidente da câmara de ter feito pressão para que o imóvel fosse alugado ao grupo Luna Hotels.

 

Joaquim Ribeiro, que concorreu a um concurso que foi entretanto cancelado pela Turismo Fundos, proprietária do hotel, refere a O MIRANTE que Maria do Céu Albuquerque (PS) pretendeu desta forma conseguir reaver para o município resolver o problema do projecto de uma nova unidade hoteleira no Campo do Barro Vermelho, que tinha sido vendido ao Luna Hotels em 2007 e que nunca a construiu.

 

O terreno para a nova unidade hoteleira estava avaliado em cerca de 700 mil euros, tendo a autarquia, na altura em que era presidente Nelson Carvalho, vendido o espaço por apenas 16 mil euros.

 

A presidente do município disse na última assembleia municipal que o processo de reversão do terreno para o novo hotel só poderia avançar se após o licenciamento a obra não fosse construída no prazo de dois anos. Como não foi estabelecido um prazo para o promotor pedir o licenciamento, este não está obrigado a devolver o terreno.

 

Mas a autarca garante que o lote vai voltar para a posse do município, sem encargos, embora não explique como.

 

Joaquim Ribeiro diz que foi o próprio Turismo Fundos que o informou que "houve pressões da câmara" no negócio agora feito. Maria do Céu Albuquerque já tinha dito a O MIRANTE que se envolveu para que fosse encontrada uma solução para o Hotel Turismo de Abrantes, que está fechado há mais de ano e meio.

 

Mas recusa a ideia que tenha feito pressão com o objectivo de resolver o problema do campo do Barro Vermelho, em que a câmara só pode reaver o espaço com a boa vontade do grupo Luna Hotels.

 

A autarca refere que, desde que tomou posse, o investidor lhe foi dizendo que não tinha condições para avançar com o novo hotel por razões financeiras. Outra razão apontada é a de que algumas empresas que faziam parte do consórcio, liderado pelo grupo Luna Hotels, abandonaram o projecto.

 

* Notícia desenvolvida na edição semanal em papel

SERÁ QUE TUDO ISTO NÃO MERECE UMA INVESTIGAÇÃO?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D