Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




DOUTORES QUE VÃO DEIXAR DE O SER?

por O Fiscal, em 25.02.14

http://www.publico.pt/politica/noticia/pronto-para-despacho-processo-da-lusofona-sobre-licenciaturas-como-a-de-relvas-1626165

 

 

Pronto para despacho processo da Lusófona sobre licenciaturas como a de Relvas

 

 

Processo teve por base um relatório da Inspecção-Geral de Educação e Ciência (IGEC).

 

O processo da Universidade Lusófona que inclui a atribuição da licenciatura a Miguel Relvas está concluído e pronto para o juiz decidir a partir de sexta-feira.

“Está para o senhor juiz despachar. Fizemos a conclusão do processo no dia 21 para o senhor juiz poder decidir a partir do dia 27. Só no dia 27 (quinta-feira) é que o processo está concluso para o juiz”, afirmou um elemento do Tribunal Administrativo de Lisboa. Contactado pela Lusa, Miguel Relvas afirmou apenas: “Não sei de nada”.

O Ministério Público pediu, em Junho, a declaração de nulidade do acto de atribuição de licenciatura a Miguel Relvas, na acção administrativa especial intentada contra a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, segundo informação divulgada na altura pela Procuradoria-Geral da República (PGR). "O Ministério Público no Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa intentou acção administrativa especial na qual peticiona, para além do mais, a declaração de nulidade do acto de atribuição de licenciatura a Miguel Relvas", lia-se numa nota da PGR então emitida.

O processo ficou concluído para despacho na véspera do congresso do PSD, em que foi anunciado o regresso de Miguel Relvas à política activa, mas só está concluso para o juiz a partir do dia 27 de Fevereiro, de acordo com a data indicada à Lusa.

A acção foi proposta contra a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, tendo como interessado Miguel Relvas e teve por base um relatório da Inspeção-Geral de Educação e Ciência (IGEC).

Miguel Relvas não é réu nesta acção administrativa, mas figura como contra-interessado, podendo ser envolvido em função da relação com os factos aludidos na queixa, de acordo com o Código Administrativo. O antigo ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares anunciou a demissão do cargo a 4 de Abril, alegando “falta de condições anímicas” para continuar a exercer funções

Comentários:

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

Curioso...mesmo...é este facto ser conhecido cerca de pouco mais de 48 h após diria "o regresso político"do sr. Miguel Relvas sob o "patrocínio" de total surpresa de PPC..afinal de contas já se ouvem muitas vozes(inclusivé do PSD) que acham tal decisão de assaz "negatividade"..também penso pelo menos que foi cedo demais mas "atenção" PPC é mesmo assim "quando entende faz mesmo presumindo consequências"..olhem!..faz-me lembrar uma certa "dica" do socialista sr. António Vitorino nos tempos governamentais do sr. Guterres«««Habituem-se!»»».. contudo..sobre o subjacente..devo dizer que estou curioso para ver qual a decisão neste tal processo judicial ou seja se prevalecerá a posição defendida pelo MP(é que ela é inédita mesmo relativamente a casos de outras licenciaturas que investigou(?)..!!!

DIRIA AINDA MAIS O SEGUINTE:

SOBRE A " MALFADADA! " LICENCIATURA NA UNIVERSIDADE LUSÓFONA DO SR. MIGUEL RELVAS E SEU COMPORTAMENTO EM TODO ESTE DOSSIÉ NÃO VOU ADIANTAR MAIS NADA AO QUE JÁ OPINEI EM POST´s ANTERIORES....MAS JÁ SOBRE OUTRAS LICENCIATURAS TAMBÉM OBTIDAS(!) POR OUTRAS PERSONALIDADES POLÍTICAS E BEM ASSIM COMO ACTUOU O MP VOLTAREI AO ASSUNTO LOGO QUE LOCALIZE UMA PUBLICAÇÃO DE INVESTIGAÇÃO CONDUZIDA PELO JORNAL EXPRESSO HÁ LARGOS ANOS ATRÁS SOBRE DIVERSAS LICENCIATURAS...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D