Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ÁS VEZES IMPÕE-SE!

por O Fiscal, em 16.02.15

http://www.publico.pt/mundo/noticia/pedido-de-antecipacao-do-reembolso-ao-fmi-nas-maos-do-eurogrupo-1686346

Eurogrupo aceita que Portugal reembolse FMI e poupe 500 milhões em juros

Eurogrupo deu luz verde para reembolsar antecipadamente o FMI em cerca de metade do empréstimo concedido.

A ministra das Finanças oficializou o pedido, os membros do Eurogrupo aceitaram, e o comissário europeu Pierre Moscovici quantificou o valor que deverá ser poupado por Portugal com o reembolso antecipado de parte do empréstimo do FMI: 500 milhões de euros, ou mais. O pedido de autorização formal de Portugal aos outros membros do clube da moeda única foi rapidamente aceite, e na conferência de imprensa que serviu para dar conta do ponto de situação das negociações com a Grécia, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, afirmou que esse passo ajudará à “sustentabilidade da dívida” portuguesa.

Jeroen Dijsselbloem realçou que falta ainda o acordo dos países europeus que não pertencem à moeda única, mas que não haverá problemas nesse sentido na reunião desta terça-feira do Ecofin (onde se reúnem todos os ministros das Finanças). Depois, segue-se ainda uma fase de aprovação em alguns parlamentos nacionais, como será o caso da Alemanha, da Holanda, e da Finlândia.

Na linha do discurso de Dijsselbloem, tanto Pierre Moscovici como a directora-geral do FMI, Christine Lagarde, fizeram questão de apontar Portugal como um bom exemplo da aplicação das medidas negociadas com a troika de credores (BCE, Comissão Europeia e FMI).

A autorização pedida por Portugal é necessária porque existe uma cláusula associada aos empréstimos da troika que obriga o país a reembolsar igualmente todos os credores em caso de pagamento antecipado.

Os parceiros europeus, assim como o Fundo Europeu de Estabilização Financeira (EFSF, na sigla inglesa), devem portanto conceder a autorização a Portugal para pagar apenas ao FMI, abdicando do seu direito de serem reembolsados de igual modo, explicitou Maria Luís Albuquerque na conferência de imprensa desta tarde.

O FMI emprestou 26.350 milhões de euros, cerca de um terço do valor total da troika (78.000 milhões). Agora, o Governo português quer pagar 14 mil milhões de euros em dois anos e meioantecipação que irá proporcionar a poupança de pelo menos 500 milhões em juros referida por Moscovici. “Esperamos que o pagamento antecipado resulte numa poupança líquida não inferior a 500 milhões de euros em juros para Portugal”, disse o comissário. Até agora, o Ministério das Finanças não tinha adiantado quaisquer estimativas de valores de poupança.

Comentários:

 

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

Sobre esta questão "reembolso ao FMI", apetece-me, ressalvar que nem todos os média´s, parecem estar a gostar da quiçá positividade desta iniciativa do governo, é que se nota perfeitamente pela forma como é noticiada de forma simplística(o que devo dizer não é aqui o caso do público)..mas..o que tem de tão importante esta proposta?..na minha opinião, antes de mais, é um sinal da credibilidade que o país recuperou desde o descrédito(?) a que chegou na primavera de 2011, por outro lado, é justo reconhecer o trabalho do MF para tal objectivo, por outro,claro que tal não representa qualquer reestruturação/renegociação da dívida(como já se apressaram a dizer aqueles que nunca querem dar méritos ao governo/alvitrando que já o tinham defendido), mas sim tentar aliviar juros versus austeridade!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:44


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D