Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




DO QUE SE FALA ?...E NÃO SE ENTENDE !

por O Fiscal, em 18.05.13

                                              

                                             REFORMA DO ESTADO VERSUS CORTES                                   

Vai por aí " uma grande balbúrdia " acerca de uma problemática que alguns por inacção ou falta de bom senso criaram no país. Trata-se de uma matéria sensível que a classe política foi empurrando com a barriga desde o 25 de Abril, esquivando-se quer á sua concretização quer mesmo pondo em prática procedimentos que a foram agravando...falo da " reestruturação do Estado e suas funções ". Desde há muito tempo que se devia ter dado primazia a estudos sérios conduzentes á adaptação das Administrações Centrais - Regionais  e Locais á sua nova envolvência...mas não foi isso que foi acontecendo antes pelo contrário. Nos primeiros anos pós revolução da " abrilada " convenhamos que os tempos eram propícios a certos exageros ou loucuras mas após 1976 impunha-se cautelas designadamente quanto á cedência perante certos lobbys mas infelizmente deu-se o oposto. Quem não se lembra daquela " tirada " do célebre monstro da administração pública? já antes em concepção, nascido nas segunda metade dos anos 80/primeira metade de 90, bem alimentado de 95 a 2001, deixado á solta em descontrole de 2002 a 2010 e prestes a explodir desde aí .Alertas foi havendo vários de personalidades que eram de imediato apelidadas de "velhos do restelo " mas quem deveria ir ouvindo foi fazendo orelhas moucas até que em Abril de 2011 obrigatoriamente chamámos umas certas pessoas do exterior para nos ajudarem que após terem aterrado no aeroporto da portela olharam...olharam...e disseram...pois muito bem se querem a nossa ajuda têm de imediato fazer isto...aquilo...e aqueloutro...sem qualquer espécie de alternativa tivemos que aceitar. Só que mesmo assim não aprendemos a lição e após Junho de 2011 ainda fômos tentando empurrar com a barriga até que as tais pessoas que tinham poisado na portela chateadas disseram...bom...bom...se querem a nossa ajuda é para fazer já caso contrário não há mais "milho!"...vergados ás contingências eis-nos chegados á actualidade de há umas semanas...então pedem-se á pressa relatórios de ajuda a entidades internacionais, vai-se lançando umas " atordoadas " para o ar sobre o que fazer e como...tudo como se o fosse em cima do joelho...nada se explica convenientemente...vêm uns(!) dizem A...vêm outros(!) dizem A/MAS...vêm aqueloutros(!) dizem nem A nem B/só por cima do meu cadáver...o comum dos portugueses em " pânico "...e agora como sair disto?...cada um terá a sua saída...a minha é uma passagem de tal modo estreita que nos obriga infelizmente a emagrecer mais um pouco de modo a que possamos passar deste para o outro lado..!!!

 



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2013

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D