Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




HOJE É O PRIMEIRO DIA!

por O Fiscal, em 18.05.14

POR BEM OU POR MAL HOJE É O PRIMEIRO DIA EM QUE O NOSSO PAÍS JÁ NÃO ESTÁ SUBORDINADO AOS DITAMES DE UMA TAL TROIKA(COISA ALIÁS QUE NOS ACONTECEU PELA TERCEIRA VEZ NO PÓS 25 DE ABRIL), MUITO EMBORA ELA NOS VÁ CONTINUAR A VIGIAR DURANTE AINDA MUITO TEMPO(EM DEFESA DA SUA POSIÇÃO DE CREDOR DE UNS MILHARES DE MILHÕES)...VAI POR AÍ " UNS CERTOS FIGURÕES " DIVIDIDOS ENTRE OS QUE DEITAM FOGUETES E OS QUE QUEREM Á VIVA FORÇA DESVALORIZAR TAL FACTO, SÓ QUE TAL COMPORTAMENTO DAS DUAS PARTES É UM POUCO EXAGERADO E QUIÇÁ INCOMPREENSÍVEL...EM QUALQUER DAS VEZES "TROIKANAS"(1976-1978 , 1983-L985 E 2011-2014) FOI-NOS IMPOSTO O QUE NUNCA ESPERÁMOS POR CULPA DE MUITOS DITOS DEMOCRATAS DA DIREITA Á ESQUERDA/MAS COM DESTAQUE PRINCIPAL PARA SOCIALISTAS/SÓ QUE DESTA ÚLTIMA VEZ " A CANGA FOI DEVERAS MUITO MAIS PESADA "...A VITÓRIA(SE ASSIM SE PODE CONSIDERAR) ALCANÇADA ONTEM(PARA MIM O SEU A SEU DONO) ESSA DEVE EM PRIMEIRO LUGAR SER REIVINDICADA PELO COMPORTAMENTO, DO ANÓNIMO POVO PORTUGUÊS (QUE TAL COMO NAS DUAS OUTRAS VEZES)E DE ALGUMAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL(COM RELEVO PARA O MEIO SINDICAL), QUE FAZENDO SEMPRE OUVIR A SUA VOZ DE REVOLTA NUNCA SE DESVIOU UM MILÍMETRO DAS FRONTEIRAS DA DEMOCRACIA, RESISTINDO A APELOS DE "INCITAMENTO MESMO Á VIOLÊNCIA" FEITOS POR ALGUNS  QUE SE DIZEM DEMOCRATAS E JULGAM SER DONOS DA DEMOCRACIA...MAS TAMBÉM, VALHA A MODÉSTIA, PARA TAL RESULTADO O "POVINHO" DEVE RECONHECER ALGUM MÉRITO AO GOVERNO COM ENFOQUE NO PAPEL DEVERAS ESPINHOSO DESDE JUNHO DE 2011 DO SEU PM/PPC...SENDO EXPECTÁVEL A PARTIR DE AGORA QUE... O "TAL POVÃO E SINDICALISTAS" SE MANTENHAM NO MESMO "TRILHO"...E O GOVERNO E SEU PM SAIBAM FAZER A PONTE ENTRE O ANTES E O DEPOIS......

NÃO QUERIA DESAPROVEITAR AQUI UM SÉRIO LAMENTO AO COMPORTAMENTO NA DATA DE ONTEM DO PARTIDO SOCIALISTA, A QUEM SE IMPUNHA UM POUCO MAIS DE "MODÉSTIA DEMOCRÁTICA"...AQUI FICA PARA QUEM QUIZER REFLECTIR UM POUCO...

http://www.publico.pt/politica/noticia/ps-colecciona-apoios-a-esquerda-e-a-direita-1636406

 

PS colecciona apoios à esquerda e à direita

 

 

António Capucho, Renovação Comunista e Joana Amaral Dias foram os trunfos com que o PS respondeu à celebração da partida da troika por PSD e CDS.

A estratégia é simples. Mostrar o PS como um partido com capacidade de agregar à sua volta outras forças. E assim, no mesmo dia em que o Governo celebrava a saída da troika com um Conselho de Ministros, o principal partido da oposição anunciava apoios à direita e esquerda. Primeiro, com o encontro do cabeça de lista às europeias, Francisco Assis, com o ex-social-democrata António Capucho. Depois com uma reunião entre o secretário-geral do PS, António José Seguro com a Renovação Comunista, que junta um grupo de dissidentes do PCP. Mais tarde com a inclusão da ex-deputada do BE, Joana Amaral Dias.

O ex-governante e antigo dirigente do PSD tomou o pequeno-almoço com Assis para anunciar o voto no PS. Expulso do partido liderado por Passos Coelho após as últimas autárquicas, Capucho explicou o apoio a Assis por ver que este era “quem estava mais próximo da ideia" que tem da Europa”.

Capucho admitiu também que via nestas eleições umas “primárias” para as legislativas. E que preferia a vitória do PS nessas eleições, em determinadas condições: “Espero que sim, se se mantiverem no PSD as pessoas que estão à sua frente.”

Mais tarde, Carlos Brito, ex-líder parlamentar e candidato à Presidência da República pelo PCP, justificou o seu apoio ao PS para “dar mais força ao movimento do basta” ao Governo. O encontro da Renovação Comunista com António José Seguro era para as europeias, mas Brito manifestou o desejo de que criasse “condições para substituir a direita no Governo”. O dissidente comunista queria “acabar com o tabu que proíbe as forças à esquerda do PS de negociar e fazer compromissos”.

Joana Amaral Dias, a ex-deputada do BE, foi à Convenção Novo Rumo falar de unidade, embora sem se referir à esquerda ou aos partidos que a compõem. Depois de defender que era preciso “travar a fundo esse rapaz”, referindo-se a Passos Coelho, dirigiu-se aos socialistas para pedir que nunca desistissem. “Agora é que temos de estar unidos. Dessa união depende a nossa sobrevivência.”

Na convenção, que juntou, segundo a organização, 1500 pessoas em Lisboa, Seguro apresentou o seu Contrato para a Confiança — um conjunto de 80 medidas que serve de rascunho de programa eleitoral para as legislativase prometeu liderar a partir de 2015 o primeiro Governo do século que não aumenta de impostos.

Desde o último Congresso do PS que Seguro tem manifestado a necessidade de juntar esforços, dada a situação difícil do país. Defendeu mesmo a disponibilidade de incluir no seu Governo “sociais-democratas, progressistas e humanistas”. Por seu turno, Assis vem defendendo a “responsabilidade histórica do PS” em cativar outras franjas ideológicas, mas que se identificavam com o projecto socialista.

Comentários:

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

Gostei deste modo por parte do PS de "diria assinalar a saída da troika"..primeiro porque este partido não tem nada a ver com "a entrada troikista"a culpa foi de "um tal rapaz!"..segundo porque tal acto socialista teve um tal mérito/trouxe-nos ao conhecimento apoios qb "inéditos!"ora ao PS quer para esta hora eleitoral europeia quer para uma futura legislativa..vejam só quem são esses trunfos ora apresentados..a srª Joana Amaral Dias(única que é capaz de assumir que o seu principal objectivo é um só "travar a fundo esse rapaz"/é que basta esta frase para a qualificar que alías foi beber a certos seus professores políticos/vg MS) mas pronto diz ao que vem hoje e para onde não o quiz por convite há uns tempos e um tal sr. Capucho que vá lá só ali está enquanto o tal rapaz por aí andar..!!

ADENDA - AH! COMO EU GOSTAVA DE VOLTAR A "APOSTAR AS MINHAS FICHAS! " NUMA ROLETA "ROSA"...É QUE, PELO MENOS, SE EU ACREDITASSE NO QUE TEM DITO SEGURO(VG - CORTES/SE EU LÁ CHEGAR RASGO TUDO - IMPOSTOS/NÃO OS AUMENTAREI)QUIÇÁ PUDESSE RECUPERAR LOGO OS QUASE 500 EUROS LÍQUIDOS QUE POR AQUELAS VIAS JÁ PERDI DESDE 2011...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:58


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D