Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E AINDA SOBRE O MANIFESTO 70!

por O Fiscal, em 17.03.14

CONVENHAMOS QUE DE VEZ EM QUANDO É IMPERIOSO RECONHECER O ÓBVIO...VEM ISTO A PROPÓSITO DA POSIÇÃO DO SR. JOSÉ SÓCRATES SOBRE O MANIFESTO CONHECIDO DOS " 70 "....

ORA VEJA-SE:

http://www.noticiasaominuto.com/politica/189513/teria-assinado-o-manifesto-seguramente

 

Sócrates "Teria assinado o manifesto, seguramente"

 

O antigo primeiro-ministro socialista, José Sócrates, que falava ontem à noite no habitual espaço de opinião que protagoniza na antena da RTP1, declarou ser totalmente a favor do manifesto que defende a reestruturação da dívida pública, aproveitando, nesta senda e mais uma vez, para lançar duras farpas ao Executivo de Pedro Passos Coelho.

 

Teria assinado o manifesto, seguramente

 

“Teria assinado o manifesto, seguramente, porque estou de acordo com ele”. A afirmação pertence ao ex-chefe de Governo socialista, José Sócrates, que ontem comentava a atualidade política, na antena da estação pública.

No entender do antigo primeiro-ministro, o documento assinado por 70 reconhecidas personalidades de várias franjas da sociedade portuguesa, é “moderado”, sendo que, quem o subscreveu é “merecedor de respeito”, enfatizou o socialista.

Aliás, para Sócrates, o manifesto que tanta controvérsia tem vindo a gerar, com várias trocas de galhardetes à mistura entre responsáveis pelo Executivo e os seus signatários, torna transparente “a fantasia e irrealismo em que vive o Governo”.

“Tudo está a correr a mal: a dívida aumentou, o desemprego aumentou e estamos há três anos em recessão”, salientou o socialista, invertendo e desconstruindo assim a onda de otimismo que vem sendo enaltecida pelo Executivo em funções.

 

E ENTÃO...ESTARÃO A PENSAR...ONDE ESTÁ O TAL " ÓBVIO "?....ORA BEM...QUEM FOI AFINAL A PRIMEIRA PESSOA A DEFENDER QUE " A DÍVIDA NÃO É PARA PAGAR "?...JÁ NÃO SE LEMBRAM?...CLARO FOI SÓCRATES...DAÍ A SUA AQUI COERÊNCIA(QUE POR VEZES TEM)QUANTO Á SUA SUBSCRIÇÃO DO DITO MANIFESTO / QUE/ NOTE-SE/ ALIÁS ATÉ CONSIDERA " MODERADO "...SÓ QUE DEPOIS ESTRAGOU ESSA COERÊNCIA COM AS PALAVRAS QUE PROFERIU SEGUNDO A PARTE FINAL SUPRA(SUBLINHADO A CORES POR MIM) DESIGNADAMENTE NO SEU "DIRIA AINDA ESTADO DE SONO" (PARTE A AZUL)....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49

SEM MAIS...DEIXO AQUI...O QUE PENSO...SOBRE COMO CHEGÁMOS E ESTAMOS NESTE 40º ANIVERSÁRIO DO 25 DE ABRIL QUE SE APROXIMA A PASSOS LARGOS......

 

http://www.publico.pt/politica/noticia/militares-de-abril-so-vao-as-comemoracoes-da-revolucao-se-puderem-intervir-1628479#/0

 

 

Militares de Abril só vão às comemorações da revolução se puderem intervir

 

 

Vasco Lourenço acusa o Governo de tratar “abaixo de cão” as Forças Armadas. Só não faz um segundo 25 de Abril, diz, porque “não há condições – vivemos, formalmente, em democracia”.

Os “capitães” de Abril só aceitam participar nas comemorações oficiais do 40.º aniversário do 25 de Abril, na Assembleia da República, se lhes for dado o direito a exprimir o descontentamento que sentem em relação à situação que o país vive.

“Não gostamos de ser a jarrinha na mesa ou a cereja em cima do bolo”. Foi desta forma que o presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço, comentou o convite que lhe foi endereçado pela presidente da Assembleia, Assunção Esteves, para participar nas cerimónias destinadas a assinalar o dia da liberdade.

“Só [há] uma situação em que talvez consiga convencer os meus camaradas a irmos à Assembleia da República, [que] é se formos lá, de pleno direito, e usarmos da palavra na cerimónia”, sublinhou.

Vasco Lourenço, Otelo Saraiva de Carvalho e Martins Guerreiro foram três dos oficiais envolvidos no movimento que derrubou o antigo regime. Neste sábado à noite, a convite da câmara de Loulé, juntaram-se no cine-teatro daquela localidade algarvia para recordar o passado e lançar um olhar critico sobre o presente.

Os três protagonistas reafirmaram as divergências que os separaram há 40 anos, em relação ao rumo que o país deveria tomar, mas disseram estar unidos na contestação à política actual. “Não foi para isto que se fez o 25 de Abril”, afirmou Martins Guerreiro. Acrescentou Vasco Lourenço: “Os que estão no poder agem como se fossem os que foram derrotados no 25 de Abril”.

Por seu lado, Otelo Saraiva de Carvalho defende a democracia directa, popular, embora admita que a força do capital lhe trocou as voltas aos sonhos: “em 1974, nós podíamos ter criado aqui, instaurado um novo regime político”. Porém , reconheceu, “os Estados Unidos não iriam permitir a revolução socialista”.

Do debate, moderado pelo reitor da Universidade do Algarve, António Branco, saíram duas conclusões: “não foi para isto que fizemos o 25 de Abril e, se o povo não aguenta, faça a revolução”. Em relação à manifestação levada a cabo, em Lisboa, pelos militares, Vasco Lourenço, solidário com os camaradas de armas, disparou contra o Governo. “Os militares estão a ser tratados abaixo de cão, por este Governo, de forma absolutamente miserável –  estão a destruir as Forças Armadas”.

Por fim, o oficial que reclama para si o título de ter sido o “maior conspirador” na organização do movimento que levou à queda da ditadura, declarou aos jornalistas: “se sentisse que havia condições já estava a preparar outro 25 de Abril”. Uma das razões porque ainda o não fez, disse, é porque “estamos, formalmente, em democracia – agora não estraguem por completo a democracia, e eles estão de facto a estragar por completo a democracia”.

Comentários:

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

É triste..muito triste..o modo como está a ser encarado este 40º aniversário do 25 de Abril..na verdade para uma geração actual á volta dos 50 anos de idade o espírito daquela data pouco ou nada diz mas para as anteriores hoje acima de pelo menos á volta dos 60 tal data diz muito..é certo que a predominância no poder aos mais variados níveis cabe essencialmente áquela geração e isso não tem mesmo nada de surprendente mas diga-se em abono da verdade que tanto é lamentável a atitude de uma como de outra ao nível das "suas cúpulas de representação"..é que não dá para entender o comportamento quer dos responsáveis políticos actuais quer dos dignos representantes ainda vivos daquele "célebre movimento dos capitães" neste próximo aniversário mais parecendo esquecidos do que foi a "Abrilada"..!!!

AH!...JÁ AGORA..O SUBLINHADO A CORES É DA MINHA AUTORIA....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:13


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D