Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A NOSSA DÍVIDA PÚBLICA !

por O Fiscal, em 04.03.14

http://www.publico.pt/economia/noticia/divida-publica-aumenta-para-mais-de-217-mil-milhoes-de-euros-em-janeiro-1626912

 

Dívida pública aumenta para mais de 217 mil milhões de euros em Janeiro

 

 

Rácio da dívida pública tem vindo a subir, prevendo-se que este ano chegue a 127,8% do PIB.

A dívida das administrações públicas aumentou para 217.306 milhões de euros em Janeiro, mais 3916 milhões de euros face ao valor registado em Dezembro do ano passado, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Banco de Portugal.

 

Os dados apresentados pelo Banco de Portugal, que desde esta segunda-feira passou a antecipar esta divulgação, são apresentados na óptica de Maastricht, aquela que é relevante para a Comissão Europeia. Em Dezembro, a dívida atingiu os 213.390 milhões de euros, ou 129% do Produto Interno Bruto (PIB).

 

Segundo os dados do Banco de Portugal, o valor da dívida em Janeiro, líquida de depósitos da administração central, atingiu em Janeiro os 196.943 milhões de euros, mais 852 milhões de euros que o valor registado em Dezembro.

 

O rácio da dívida pública em percentagem do PIB tem vindo a aumentar ao longo dos últimos anos e passou de 108,3% em 2011, para 124,1% em 2012 e 129% em 2013. A meta do Governo para a dívida pública em 2013, constante na proposta de Orçamento do Estado para 2014, é de 127,8% do PIB. Para 2014, e segundo o mesmo documento, a meta da dívida é de 126,7% do PIB.

Comentários:

 

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

 

Aposentado , Abrantes

 

 

Muito se vai ouvindo...á volta do rácio(em percentagem do PIB/Produto Interno Bruto) da nossa dívida pública...opiniões não faltam por aí...quer pelos que puxam para um lado quer pelos que puxam em sentido contrário...mas o que vejo são meras posições que qualificaria como do  "políticamente correcto ou politicamente incorrecto"pois esclarecimento a sério sobre tal temática isso vê-se muito poucochinho ou mesmo nada...um facto indesmentível é na verdade o seu agravamento tendencial desde há muitos anos e pelo " andar da carruagem " tão depressa isso não se vai inverter apesar de se verificar que o nível de que já hoje se reveste mostrar uma situação quiçá " insustentável " o que aconselharia uma tentativa de sensibilização da opinião pública para as suas causas/consequências/inversão..!!

 

QUE DIZER MAIS AINDA....

http://www.pordata.pt/Portugal/Administracoes+Publicas+divida+em+percentagem+do+PIB-824

COMO SE PODE VER PELA ANÁLISE SUPRA AOS RÁCIOS DA DIVIDA PÚBLICA E DO DÉFICE PÚBLICO O NOSSO PROBLEMA NASCE EM 2000(NÃO COMO CERTOS "GURUS!" NOS QUEREM FAZER CRER SER DA ERA "COELHONE")...NESSA ALTURA OS DOIS RÁCIOS ESTAVAM COMPLETAMENTE CONTROLADOS E DENTRO DO ACEITÁVEL INTERNACIONALMENTE(DIV.P.ABAIXO DOS 60%-DEF.P.CONTROLÁVEL) E A PARTIR DAÍ FOI DE DESCALABRO EM DESCALABRO ATÉ 2011(EM QUE NUMA DÉCADA A DIV.P. SOBE DE 48% PARA 108% E O DÉF.P. EM DESCONTROLE) EM QUE FÔMOS LANÇADOS " ÁS FERAS TROIKANAS " PELO QUE O QUE TÊMOS DE EXIGIR Á "ERA COELHONE" É QUE COM ««DETERMINAÇÃO/BOM SENSO»»SIGA O CAMINHO DA INVERSÃO....

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D