Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




TRAPALHADAS SOBRE A SAÍDA TROIKANA!

por O Fiscal, em 26.02.14

MUITO SE TEM VINDO A CONVERSAR OU DESCONVERSAR SOBRE A E COMO " SAÍDA DA TROIKA " LÁ POR VOLTA DO DIA 17 DE MAIO PRÓXIMO...UNS DIZEM " NUNCA CÁ DEVIA TER ENTRADO "...OUTROS DIZEM " DEVÍAMOS ERA EXPULSÁ-LA DE CÁ "...OS MAIS SENSATOS(EM QUE ME INCLUO) DIZEM " JÁ QUE A TIVEMOS QUE CHAMAR PELO MENOS SEJAMOS HUMILDES NA SUA SAÍDA " OU SEJA...SEJAMOS ÓBVIOS NA SAÍDA COMO O FOMOS NO PEDIDO DE ENTRADA...ACIMA DE TUDO " SEM TRAPALHADAS! "...MAS NÃO É O QUE NOS RODEIA...

  VEJAMOS:

 

http://www.publico.pt/politica/noticia/psd-confronta-troika-com-condicoes-gravosas-impostas-a-irlanda-para-sair-do-resgate-1626277

 

 

PSD corrige declaração sobre preferência por programa cautelar

 

 

No final da reunião parlamentar que abre a 11ª avaliação do programa português, o vice-presidente da bancada laranja defendeu que Portugal deveria ter um cautelar por prudência. Mais tarde chamou os jornalistas para dizer que é cedo para decidir.

O vice-presidente da bancada do PSD, Miguel Frasquilho, defendeu esta quarta-feira, perante representantes da troika que Portugal deveria ter um programa cautelar, depois de terminar o resgate. Horas mais tarde corrigiu as declarações.

"O que transmitimos à troika é que, caso as condições sejam favoráveis, um programa cautelar nos pareceria mais prudente tendo em conta, por exemplo, que os juros da dívida pública portuguesa a dez anos se encontram ainda nesta altura acima do que a Irlanda registava quando saiu do programa", afirmou aos jornalistas no Parlamento, após mais de uma hora e meia de reunião com representantes das três instituições, em conjunto com deputados de todas as bancadas. 

Horas depois, o deputado veio corrigir as suas afirmações, dizendo que ainda é cedo para falar em programa cautelar. "Iremos ter uma saída favorável. Com ou sem programa cautelar é prematuro para saber. Não há nenhuma posição fechada sobre esta matéria", afirmou aos jornalistas, numa declaração em que não respondeu a perguntas mas que está em consonância com o discurso da maioria e do Governo......

 

Comentários:

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

O que é que se teria passado pela cabeça do dirigente/deputado do PSD sr. Miguel Frasquilho?...algo ocorreu...disso não tenhamos qualquer dúvida...o sr. MF não é, digamos assim, um " qualquer "...trata-se de um "especialista" da área sobre que esteve a falar aos jornalistas esta manhã após uma audiência partidária com a "famigerada Troika"...é no mínimo esquisito que poucas horas depois tenha tido necessidade de voltar a falar com os jornalistas para de certo modo por em causa o que anteriormente disse não sem que da intervenção inicial houvesse lugar a perguntas dos jornalistas e da posterior não o houvesse...mero lapso?..precipitação?..abordagem fora do politicamente correcto?..o que penso..é que já nos bastava a autêntica trapalhada da posição do PS sobre como sair disto em 17/5..!!!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:29


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D