Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SERÁ MESMO VERDADE?

por O Fiscal, em 12.09.13

SEGUNDO UM RELATÓRIO ORA CONHECIDO DA ONG " OXFAM "...ENTRE MUITOS OUTROS FACTOS DESTACA(SIC.)«««...PORTUGAL COMO UM DOS CASOS ONDE AS POLÍTICAS SEGUIDAS ESTÃO A BENEFICIAR APENAS OS MAIS RICOS E A COLOCAR O PAÍS EM RISCO DE SE TORNAR UM DOS MAIS DESIGUAIS DO MUNDO...»»»

  

 SERÁ MESMO ASSIM?...UNS DIRÃO QUE É E MUITO MAIS...OUTROS DIRÃO QUE É EXACTAMENTE AO CONTRÁRIO...MAS TALVEZ HAJA ALGUNS(ONDE ME INCLUO) QUE DIRÃOÁS VEZES ATÉ PARECE QUE SIM...

 

    POR EXEMPLO:

      http://www.publico.pt/economia/noticia/portugal-tem-beneficiado-elites-economicas-arriscase-a-ser-um-dos-paises-mais-desiguais-1605596

   

Portugal tem beneficiado “elites económicas” e arrisca-se a ser um dos países mais desiguais

  

Comentários:

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

Não é que esteja de acordo totalmente com as conclusões desta ONG " Oxfam "...mas que elas têm algum cunho de realidade isso é um facto...o governo português em alguns aspectos tem sido mórbido no " afrontamento! " de certas elites económicas e sociais...poder-se-ia apontar vários exemplos...mas...quereria ressalvar um em especial que está hoje muito na " berra "...exactamente o dos " chamados cortes nas pensões "...já repararam nas hesitações governamentais quanto á necessidade perante a situação de emergência em que estamos mergulhados de não haver excepções sectoriais...umas vezes com a desculpa de que não é possível devido a aspectos legislativos outras de que se estará perante certos regimes especiais..." c´um raio " espero que tal se deva a mera distracção com oportuna correcção..!!!


             

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:48


E SE FOSSE POSSÍVEL ?

por O Fiscal, em 12.09.13

ÁS VEZESHÁ NOTÍCIAS QUE NOS DEIXAM SONHAR UM POUCO...


  É O CASO POR EXEMPLO AQUI PRESENTE..." E SE VOLTÁSSEMOS AOS TEMPOS DO REI ARTUR? "...

   

            VEJA-SE:


 http://www.publico.pt/economia/jornal/taxa-robin-dos-bosques-europeia-enfrenta-um-novo-obstaculo-27076839


   Taxa "Robin dos Bosques" europeia enfrenta um novo obstáculo...Juristas do Conselho de Ministros europeu entendem que a taxa sobre transacções financeiras pode pôr em causa o direito comunitário.


     

Comentários:

                                       

JOÃO ALEXANDRE-ABRANTES

Aposentado , Abrantes

Como se vê...não é só em Portugal...que se torna dificil impor uma taxação no meio financeiro...seja em tempos económicos normais seja mesmo em situações de emergência...é algo assaz incompreensível em certa medida mas que é uma realidade insofismável e não só de agora disso não há muitas dúvidas...é aqui também o caso da chamada pretendida criação da " Taxa Tobin / mais conhecida entre nós como / Taxa Robin dos Bosques " de que se vem falando vai para quase meia dúzia de anos e que de obstáculo em obstáculo já quase caiu no esquecimento...se calhar se abundassem por aí uns tantos " Robin(s) dos Bosques " tudo se tornaria mais fácil de conseguir em tal matéria e seus objectivos mas se os há devem estar escondidos nalguma densa floresta com receio de serem mal compreendidos...!!!!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:59


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D