Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



                                         

                                Pois meus caros cumprindo o prometido no meu post de 19/04 aqui estou

                            dando-vos conta da minha opinião sobre o maior e pior "elefante branco" PS

                           (não sem antes fazer duas correcções naquele -a 1ª é que me esqueci ali de

                           aludir a um outro elefante " o Museu Ibérico "- a 2ª é que segundo os novos

                           dados vindos a lume a posição do concelho quanto a desemprego já não é a

                           3ª mas sim 2ª) :

                                 

                         

                                          VAMOS ENTÃO AO ELEFANTE  "RPPSOLAR"
                                                                  ASSIM

                                            CÂMARA MUNICIPAL//VERSUS RPPSOLAR

                                

                          Estávamos no mandato 2005-09 " executivo PS/NC ". Aí por volta dos 

                      finais de 2007/início de 2008 a CMA faz saber que havia grande hipótese

                      de atracção para o concelho de um mega-projecto ligado a painéis sola -

                      res promovido pelo sr. Alexandre Alves(mais conhecido por Barão Verme-

                      lho)pelo que iria diligenciar terreno para o efeito.Algum tempo depois ve-

                      io a saber-se que seria na zona Pego-Concavada no designado Casal Cor-

                      tido.Tal como muitos aplaudi não sem que na altura tivesse algumas re -

                      servas quanto ao promotor.

                         O sr. Presidente da Câmara/Nelson Carvalho após ter arranjado a solu -

                      ção do terreno lançou-se numa diria campanha de propaganda.Entretanto

                      por motivos particulares começo a ter acesso a pormenores envolventes

                      ao investimento que me provocam algum cepticismo.Por volta de meados

                      do ano de 2008 começam a vir a público alguns contornos e escolhos legais

                      (vg o visto do TC).A formalização escritural do terreno na aquisição pela CM

                      e consequente cedência/venda AA veio a verificar-se em simultâneo no no-

                      tariado privativo da CMA no início de Outubro de 2008 após o que teria sido

                      procedido a um eventual protocolo entre a CMA e Alexandre Alves,tendo tu-

                      do sido aprovado quer pela CM quer pela AM.

                        Logo em seguida a CM pela voz do seu presidente inicia um procedimento

                      indigno da " ética democrática " A MENTIRA! aos munícipes é garantido que

                      no respeitante ao projecto:

                         1 - o terreno custou ao município 1 milhão de euros e cedido por 100 e tal

                              mil euros(ou seja venda por preço simbólico);

                         2 - que os direitos do município estavam devidamente assegurados caso o

                              projecto não se concretizasse;

                           

                          Foi a partir daqui que para mim o cepticismo virou " revolta! " pois sabia que

                    se estava a esconder a verdade e fui-a denunciando pelos meios ao meu alcance

                    ou seja:

                          1 - o valor dispendido pelo município não era o tal 1 milhão mas superior;

                          2 - á cedência/venda(de facto a preço simbólico e mesmo por isso) impunha-

                               -se que tivesse ficado com " cláusula de salvaguarda " o que " vá lá sa -

                               ber-se porquê "não acontecia;

                    Tal discurso NC manteve-o até ás eleições do final de 2009 vindo a sua até aí ve-

                   readora MCA depois investida como PCM a adoptar o mesmo discurso.

                    Os anos foram correndo (abstenho-me aqui de vos avivar todas as peripécias *no

                   decurso de tal dossié envolvendo em reuniões camarárias e assembleias muni-

                   cipais quer o executivo ps quer a oposição) o projecto não se concretizava.

                        Chegados a final de 2011 / inícios de 2012 a CMA pela voz da PCM/MCA e sr.Pe-

                   dro(redactor notarial das rectro escrituras) após pressões várias vem a ser admiti-

                   do:

                           1 - o valor em causa para o município afinal seria superior a 1 milhão e 300

                                mil euros;

                           2- afinal de facto não existia qualquer cláusula de salvaguarda;

                     Estamos em Abril de 2013 o dossié CMA / RPPSOLAR continua envolto na táctica

                   do " empurra com a barriga " - projecto só no papel / consequências " que fazer?".

                  NA MINHA OPINIÃO - Os cofres municipais ficaram exauridos á volta de 1 milhão e

                                                   meio de euros(que hoje tanta falta fazem) e sem qualquer di-

                                                   reito sobre o terreno...MAS..o que mais lamento é a MENTIRA

                                                   que sempre imperou.


                          * Se estiver interessado(a) em conhecer " peripécias " porque não ir

                              ao google buscando " CMA versus RPPSOLAR " ou " RPPSOLAR " por

                              exemplo em Correio da Manhã ou Público ou Rede Regional.

                       


                       

                     
                                                                                                         

                                                  

                           

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D