Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O QUÊ... DE NOVO ?????

por O Fiscal, em 09.05.17

HOJE VOLTÁMOS A OUVIR FALAR DE UMA TAL " LISTA "(que eu classificaria dos comilões do outrora DDT) OU SEJA DE UNS TAIS NOMES(políticos/líderes económicos,etc) DO " SACO AZUL " DO GES/BES. SÓ QUE HÁ NOMES QUE CONTINUAM NOS SEGREDOS DOS DEUSES(i.e. da justiça e de certos expoentes jornalísticos) VÁ LÁ SABER-SE O PORQUÊ?(até agora fala-se só e sempre de meia dúzia de nomes dum anunciado!? total de cento e tal de /políticos/empresários/jornalistas,etc)....

POIS FOI AQUI QUE A MATRACA AGORA REPISOU:

                      OBSERVADOR

Operação Marquês

Operação Marquês. Ricciardi prestou depoimento no DCIAP

 

O ex-banqueiro e primo de Ricardo Salgado esteve no DCIAP em Fevereiro, num depoimento que terá demorado alguns dias. Testemunho decorreu no âmbito da Operação que envolve Sócrates e Salgado.

José Maria Ricciardi foi ouvido no passado mês de fevereiro no âmbito da Operação Marquês, num testemunho que se terá prolongado por vários dias, conta o Correio da Manhã na sua edição de hoje. O antigo banqueiro — que liderou o ex-Banco Espírito Santo de Investimento (BESI), que passou depois a banco Haitong — e primo de Ricardo Salgado terá sido inquirido sobre vários negócios que envolveram a Portugal Telecom (PT).

Entre esses negócios, estão a venda da Vivo à Telefónica e compra da Oi pela PT, nos quais o banco de investimento esteve envolvido, mas também houve questões à volta da ES Enterprises, o chamado saco azul do Grupo Espírito Santo (GES) de onde terá saído dinheiro para José Sócrates, Zeinal Bava e Henrique Granadeiro. De acordo com o mesmo jornal, o depoimento de José Maria Ricciardi — que não é arguido neste processo — terá sido favorável à linha da investigação.E, durante os vários dias em que testemunhou, o ex-banqueiro ter-se-á sempre distanciado da sociedade secreta do Grupo Espírito Santo (GES), criada em 1993 para alegados pagamentos irregulares.

                LER TAMBÉM ESTES DOIS ESPECIAIS:

Toda a história do 'saco azul' do GES

Foi criado para remunerar os líderes da família Espírito Santo, financiou-se através dos clientes do BES e recebeu 200 milhões de euros em 2013 que deviam ter servido para amortizar dívida do GES.

Por Luís Rosa

 

A Operação Marquês e os negócios (ruinosos) da PT

O negócio da compra da Oi pela PT é uma das chaves da Operação Marquês. Estes são os bastidores e os detalhes de uma história que cruza Salgado, Sócrates e aquela que foi a maior empresa portuguesa.

Por Luís Rosa

                               

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D