Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



http://observador.pt/2017/06/21/caos-dizem-os-espanhois-el-mundo-profetiza-fim-da-carreira-politica-de-antonio-costa/

Fogo de Pedrógão Grande

Caos, dizem os espanhóis. El Mundo profetiza fim da carreira política de António Costa

O diário espanhol escreve esta quarta-feira que "gestão desastrosa da tragédia" pode colocar um ponto final na carreira política do Primeiro Ministro.
 
“Caos no maior incêndio da história de Portugal: 64 mortos, um avião fantasma e 27 aldeias evacuadas”. É este o título do artigo do El Mundo que esta quarta-feira sintetiza o quarto dia de combate aos fogos que continuam a arder no centro do país — e onde o jornal espanhol profetiza o fim da carreira política de António Costa, à custa de uma “gestão desastrosa da tragédia”.
A evidente falta de coordenação entre as autoridades, tanto a nível dos trabalhos de extinção, como da comunicação com os media, provocaram uma enxurrada de críticas à gestão do desastre por parte do Governo do primeiro-ministro António Costa, e em particular da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, a menos de quatro meses das eleições legislativas em Portugal”.

Para além de errar — as eleições de outubro serão autárquicas, não legislativas — a reportagem do El Mundo descreve os acontecimentos desta terça-feira, passando pelo evacuação atribulada de 27 aldeias e dos respetivos “habitantes idosos” e pela “grande confusão” provocada pela notícia, “desmentida quase duas horas depois”, da queda de um avião Canadair de combate aos incêndios.

Também critica explicitamente o episódio dos bombeiros da Galiza impedidos de ajudar e recambiados para casa pela ministra da Administração Interna: “De forma inexplicável, ao mesmo tempo que o incêndio se expandia e os bombeiros lusos reconheciam estar a ser derrotados pelas condições do terreno, a ministra Urbano de Sousa vetava a entrada de uma coluna de 60 bombeiros galegos no território português. A ministra confirmou que tinha recusado a ajuda, assegurando que ‘já havia um excesso de voluntarismo’ no terreno”.

APRECIAÇÃO - LÊMOS(ressalvo o por mim sublinhado) E NÃO HÁ DÚVIDA QUE O ASSINALADO PELO JORNAL ESTÁ CORRECTO(aliás ainda se poderiam acrescentar mais incongruências / por ex. - enquanto o PM no teatro de operações dizia que precisávamos de muita ajuda algumas horas depois a MAI vetava a dos espanhóis) E É COMPREENSÍVEL QUE FACE AO SUCEDIDO HOUVESSE DE IMEDIATO CONSEQUÊNCIAS POLÍTICAS SÓ QUE A ILACÇÃO QUE O JORNAL TIRA " PROFETIZA FIM DA CARREIRA POLÍTICA DE ANTÓNIO COSTA!? " NÃO SE APLICA CÁ PELO NOSSO PAÍS(veja-se que em " celeumas graves!? " já antes ocorridas nada sucedeu de politicamente). PODERÁ OCORRER POR OUTROS FACTOS MAS AQUI NÃO( digo eu)....... 

ADENDA - SOBRE A SUPRA REFERENCIADA PUBLICAÇÃO DO EL MUNDO, NESTA 6ª FEIRA, DEPARAMOS COM ESTE DESENVOLVIMENTO:

http://observador.pt/2017/06/23/pedrogao-grande-el-mundo-nao-revela-identidade-de-jornalista-que-assinou-reportagens/

Fogo de Pedrógão Grande

El Mundo não revela identidade de jornalista que assinou reportagens sobre incêndio

 

As reportagens assinadas por Sebastião Pereira no El Mundo falavam do fim da carreira política de António Costa. O jornal espanhol diz que é um jornalista que assina com pseudónimo.

O jornal espanhol El Mundo recusa revelar a identidade do jornalista que fez as polémicas reportagens sobre o incêndio de Pedrógão Grande, afirmando que recorreu a um jornalista que utiliza um pseudónimo. A informação foi revelada esta sexta-feira, em comunicado, pelo Sindicato dos Jornalistas. “Nada fizemos de errado, recorremos a um jornalista que utiliza pseudónimo e que já conhecemos bem“, afirmou ao sindicato a responsável pela secção de Internacional do jornal espanhol, Silvia Román.

As reportagens, publicadas no El Mundo e assinadas com o nome de Sebastião Pereira, tornaram-se polémicas depois de, num texto intitulado “Caos no maior incêndio da história de Portugal: 64 mortos, um avião fantasma e 27 aldeias evacuadas”, o jornalista ter preconizado o fim da carreira política de António Costa, devido à “gestão desastrosa da tragédia”.

 

“A evidente falta de coordenação entre as autoridades, tanto a nível dos trabalhos de extinção, como da comunicação com os media, provocaram uma enxurrada de críticas à gestão do desastre por parte do Governo do primeiro-ministro António Costa, e em particular da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, a menos de quatro meses das eleições legislativas em Portugal”, lia-se no texto — em outubro realizam-se eleições autárquicas e não legislativas, sublinhe-se.

As dúvidas sobre a verdadeira identidade e intenção do repórter adensaram-se, porque o jornalista em questão, que assina Sebastião Pereira, nunca tinha escrito nenhum artigo para aquele jornal espanhol, nem sequer era detentor de carteira profissional de jornalista em Portugal — condição necessária para exercer a profissão de jornalista, mesmo como correspondente de um meio de comunicação de outro país.

Esta sexta-feira, o jornal i já tinha publicado um artigo sobre o assunto, revelando que contactou o El Mundo e que a administrativa que atendeu o telefone reconheceu não saber quem era Sebastião Pereira, que “não consta na lista de colaboradores e correspondentes do El Mundo“. Já a responsável da secção Internacionl, Silvia Roman, esteve incontactável durante todo o dia e não prestou esclarecimentos sobre o jornalista e os artigos.

Ao Sindicato dos Jornalistas, Silvia Roman falou, afirmando taxativamente que não revelaria mais detalhes sobre o assunto. “Parem de me atacar no Twitter! Parem de me enviar emails! Parem de tentar telefonar-me! Em 22 anos nesta secção nunca me aconteceu algo assim, nem nos casos da Venezuela ou da Turquia!”, rematou a jornalista.

APRECIAÇÃO - CONFESSO QUE NÃO PERCEBO(ou será que percebo) A QUE PROPÓSITO:

1- JORNAIS PORTUGUESES PRETENDEM SABER QUEM É O JORNALISTA AUTOR DA PEÇA SUPRA?;

2- O N /SINDICATO DOS JORNALISTAS SE ENVOLVEU NESSA " DESCOBERTA!? ";

3- ESTARÃO PREOCUPADOS COM O QUÊ?...SE O QUE O EL MUNDO CITA É FALSO OU VERDADEIRO?...OU POR O SEU AUTOR " PROFETIZAR(não preconizar/o que é diferente) O FIM DA CARREIRA POLÍTICA DE ANTÓNIO COSTA "?... OU DESCONFIAM DE QUEM ESTARÁ POR TRÁS DA PEÇA?

4- A RESPONSÁVEL PELA SECÇÃO DE INTERNACIONAL DO EL MUNDO É LEVADA A DESABAFAR QUE:

   a) PAREM DE A ATACAR NO TWITTER;

   b) PAREM DE LHE ENVIAREM EMAILS;

   c) PAREM DE LHE TENTAREM TELEFONAR;

   d) QUE NUNCA SOFREU PRESSÕES DESTAS(o que nos pode levar a pensar " a soldo de quê e quem ");

TALVEZ SEJA DE AGUARDAR NOVOS DESENVOLVIMENTOS.....

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D